FÓRUM DA LIBERDADE: A ECONOMIA VEM DEPOIS?

“Devemos gastar de forma inteligente”

O primeiro dia do Fórum da Liberdade foi concluído com o painel “A Economia Vem Depois?”, em palestra com o economista americano John Cochrane, especializado em política monetária e teoria fiscal do nível de preços, autor de artigos e livros, além de ter destaque recente por seus estudos a respeito do impacto financeiro da pandemia de covid-19.

Cochrane destacou o aumento da inflação no período da pandemia, tanto nos Estados Unidos quanto no Brasil. O professor falou na queda de rendimento per capita entre a população americana desde os anos 2000 se comparada ao aumento da inflação, que foi superior ao aumento da média de renda.

“A economia é controlada pela demanda, não pela oferta. O governo imprimiu US$ 3 trilhões, pegou emprestados outros US$ 2 trilhões, e teve o impacto que poderia ser esperado”, destacou. “Devemos gastar inteligentemente para ter uma performance melhor”.

Na avaliação de John Cochrane, os governos costumam “gastar dinheiro como se não houvesse custo para gastar dinheiro”. Ao tentar compensar as crises com empréstimos, a inflação reduz o poder de compra da população.

O professor observou que a crise econômica relativa à pandemia não pode ser classificada como uma baixa regular de demanda, mas que ao contrário as pessoas não podiam consumir em função das medidas restritivas em função da covid-19, o que gera desafios econômicos diferentes.

Em relação à política partidária, Cochrane alertou para os riscos da mentalidade do “vencedor leva tudo”, o que ocasiona medidas com baixa taxa de continuidade em questões de longo prazo e aumenta o extremismo político, o que classifica como uma crise constitucional.

Você pode gostar...